Destaques

 / 

Notícias ACIB

Levantamento das necessidades do Tecido Empresarial da Bairrada - Projectos de Formação-Acção

29 Abr 2019

 

Programa Formação-Acção 

 

A ACIB – Associação Comercial e Industrial da Bairrada, com base na experiência alcançada em projectos anteriores através dos quais apoiou mais de 130 empresas, está a preparar uma nova candidatura para um projecto conjunto de formação-acção no âmbito do COMPETE 2020, para Micro e PME´s com interesse em reforçar a sua Competitividade.

Este projecto visa Intensificar a formação dos empresários e gestores, para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão, assim como dos trabalhadores das empresas. O QI PME 2020 é financiado no âmbito do Quadro Comunitário Portugal 2020, com uma taxa de Co-financiamento de 90% das despesas elegíveis, sendo os restantes 10%, suportados pela empresa.

A metodologia de Formação-Acção, utiliza em alternância as vertentes de formação (em sala) para empresários e colaboradores e de consultoria (on the job), visando a identificação dos constrangimentos ao bom funcionamento global das empresas e a definição e implementação de acções de melhoria, seguindo-se uma avaliação final da intervenção.
 
Considerando as principais tendências do sector industrial em Portugal e as características estruturais do tecido empresarial português, foram identificadas um conjunto de áreas temáticas a enquadrar nesta intervenção formativa com vista à mudança organizacional nas empresas, sendo que as PME participantes só poderão enquadrar-se em mais do que uma temática, desde que devidamente fundamentados os seus efeitos na competitividade da empresa.
As possíveis áreas temáticas a abranger nesta candidatura são:
 
A - Capitalizar: Optimização de recursos financeiros
 Objectivos gerais: Com esta área temática pretende-se dotar as equipas de gestão das PME de conhecimentos e ferramentas, nomeadamente de natureza económica e financeira, que lhes permitam avaliar o desempenho da sua empresa e tomar decisões que garantam o crescimento sustentado do seu negócio. Linhas orientadoras: capacitação para a interpretação de informação financeira e apoio às equipas de gestão na decisão quanto às modalidades de financiamento mais adequadas ao modelo de negócio e ao ciclo de vida da empresa.
 
B – Internacionalização
 Objectivos gerais: Neste domínio pretende-se desenvolver e aplicar novos modelos empresariais e processos de qualificação das PME e reforçar a capacitação empresarial das PME para processos de internacionalização. A entrada noutros mercados exige conhecimentos específicos, pelo que se pretende, com este tipo de intervenção, o desenvolvimento de instrumentos de gestão orientados para a internacionalização. Linhas orientadoras: Conhecimento de mercados externos; criação, desenvolvimento e promoção internacional de marcas; prospecção e presença em mercados internacionais; marketing internacional; nova organização das práticas comerciais; novos métodos de relacionamento externo; certificações específicas para os mercados externos.
 
C - Economia digital
Objectivos gerais: Pretende-se com esta temática que as PME, evoluam na adoção de tecnologias digitais, que permitam mudanças disruptivas nos seus modelos de negócio, tornando-as mais eficientes, melhorando a produtividade e reduzindo custos económicos e de contexto, o que implica, também, uma mudança de mentalidade e cultura corporativa, nomeadamente na relação entre cliente e fornecedor. Linhas orientadoras: Desenvolvimento de redes modernas de distribuição e colocação de bens e serviços no mercado; criação e/ ou adequação dos modelos de negócios com vista à inserção da PME na economia digital; presença na web; introdução de sistemas de informação aplicados a novos métodos de distribuição e logística.
 
D - Gestão da inovação
Objectivos gerais: Na inovação visa-se a procura de soluções novas ou significativamente melhoradas ao nível de processos, produtos, organização ou marketing que permitam às PME reforçar a sua posição competitiva e melhorar o seu desempenho ou níveis de conhecimento. Linhas orientadoras: Desenvolver competências nas áreas de gestão da inovação, métodos de estímulo à criatividade e design thinking, construção de planos de inovação ou de desenvolvimento de novo produto/serviço ou negócio.
 
E - Sustentabilidade e responsabilidade ambiental
Objectivos gerais: Considerando a importância que a eficiência energética assume em cada região, em cada sector de actividade e em cada empresa, esta temática visa a sensibilização e apoio à adoção de práticas e ferramentas que respeitem a redução da intensidade energética e carbónica das atividades empresariais, e potenciem a melhoria da sua sustentabilidade e competitividade. Linhas orientadoras: Desenvolver conceitos e práticas de eco-inovação e do eco-design em novos produtos/serviços e modelos de negócio, através dos fundamentos da economia circular.
 
F - Implementação de sistemas de gestão
Objectivos gerais: Implementação pelas PME de sistemas de gestão, com vista à sua posterior certificação, nos domínios da qualidade, do ambiente, da segurança e saúde no trabalho, ou outros. Linhas orientadoras: A implementação de sistemas de gestão constitui uma vantagem competitiva para as empresas, na medida em que as posiciona de forma diferenciadora e/ou no mesmo patamar de igualdade perante a concorrência do mercado, melhorando a sua reputação perante os parceiros. A necessidade da implementação de sistemas de gestão e a sua posterior certificação torna-se, em muitos casos, fundamental para a maximização da eficiência e para o desenvolvimento sustentável da organização.
 
G – Indústria 4.0
Objectivos gerais: Desenvolver estratégias de crescimento através de soluções digitais que potenciem processos produtivos mais eficientes e interconectados, criando novos modelos de negócio e novas cadeias de valor. Incrementar a actividade de empresas em processo de transformação tecnológica, alinhadas com os desafios da Quarta Revolução Industrial. Linhas orientadoras: Pretende-se que as PME, em função dos resultados do diagnóstico e do grau de maturidade i4.0, elevem os níveis de automação e digitalização dos processos produtivos, incrementando a sua actividade empresarial e reduzindo custos económicos e de contexto.
 
H - Organização e gestão
Objectivos gerais: Reforçar a competitividade e a capacidade de resposta das PME no mercado global, através da sua qualificação. Linhas orientadoras: Promoção da introdução de novos métodos ou novas filosofias de organização do trabalho, reforço das capacidades de gestão, conhecimento de estudos e projecto, orientação para redesenho e melhoria de layout, estudo de acções de benchmarking, desenvolvimento de competências de diagnóstico e planeamento, melhoria das capacidades de desenvolvimento e distribuição de produtos, processos e serviços, enquanto áreas fundamentais para a eficiência e desenvolvimento sustentável da empresa, a explorar de acordo com os diagnósticos a efectuar em cada empresa participante.

I - Gestão estratégica e operacional
Objectivos gerais: Com esta temática pretende-se capacitar os empresários em novos modelos de negócio e em competências de apoio à gestão e à inovação aberta, que estimulem parcerias e cooperação empresarial. Linhas orientadoras: Reforço da formação de empresários em áreas chave para a modernização dos estilos de liderança e de gestão, de inovação empresarial e de cooperação interempresas. Público-alvo: Esta temática é dirigida empresários de micro, pequenas e médias empresas, produtoras de bens ou serviços transacionáveis e/ou internacionalizáveis ou que contribuam para a cadeia de valor dos mesmos, que pretendam melhorias visíveis no seu negócio em função de uma aplicação prática de métodos de gestão adequados ao contexto global.
 
Duração da Intervenção e formandos/carga horária
Os projectos poderão ser desenvolvidos entre 2019 e 2021, com uma duração máxima de 24
meses, e de acordo com o seguinte padrão:

  

Por forma a que a Associação possa apresentar uma candidatura baseada nas reais necessidades do tecido empresarial da Região da Bairrada, agradecemos que nos indique quais as áreas de intervenção que considera mais pertinentes para a sua empresa, bastando para o efeito identificar as mesmas no link.

 

Para o esclarecimento de qualquer dúvida ou para obter mais informações, poderá contactar através do 234 730 320 ou apoioempresas@acib.pt 

 
  Partilhar
 
 
Dinamizar as relações comerciais entre os associados da ACIB, através da implementação de uma rede de trocas e fluxos comerciais entre os associados.
A Rota do Comércio é um directório que lhe permite conhecer o comércio existente no Concelho de Anadia.
Fácil, intuitivo e prático este portal ajuda-o a...
O Guia do Comerciante é um documento que compila toda a legislação referente à actividade comercial, bem como fornece informações e dicas sobre...
A Dinâmica Magazine é uma publicação semestral, de distribuição gratuita, cujo objectivo é levar aos empresários e entidades da Bairrada...